#prontofalei – Mais testes, mais casos

A Secretaria Municipal de Saúde anunciou nesta semana que vai realizar uma testagem em massa na população de Araxá para identificar pessoas que estejam contaminadas com o novo coronavírus. Serão realizados cerca de sete mil testes. A testagem em massa estava prevista para começar nos asilos da cidade. Esse procedimento é muito importante, pois visa identificar, principalmente, aquelas pessoas que têm o novo coronavírus e não apresentaram nenhum sintoma da Covid-19. Essas pessoas assintomáticas serão isoladas para que não transmitam a doença. Estudos apontam que cerca de 40% dos transmissores da Covid-19 no Brasil são assintomáticos.

 

A testagem em massa em Araxá fará com que o número de casos confirmados da Covid-19 na cidade aumente consideravelmente. Mais testes, mais casos. Isso aconteceu em Uberlândia. A Prefeitura da principal cidade do Triângulo Mineiro já realizou algumas etapas da testagem em massa na população e o resultado foram mais de sete mil casos confirmados da doença desde o início da pandemia. Uberlândia é, atualmente, a cidade mineira com o maior número de casos da Covid-19. Aqui em Araxá os testes para identificação do novo coronavírus eram feitos até agora apenas em pessoas com síndrome gripal e profissionais das áreas da saúde e segurança pública.

 

Nesta semana o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 de Araxá decidiu liberar a realização de missas e cultos religiosos na cidade, desde que as igrejas cumpram medidas de prevenção durante as celebrações que constam em decreto municipal assinado pelo prefeito Aracely de Paula. O comitê estendeu o horário de funcionamento de bares e restaurantes, que agora podem atender seus clientes de 11h às 22h, mas proibiu o consumo de bebidas alcoólicas nestes estabelecimentos. E depois de quatro meses fechadas, as academias poderão voltar a funcionar a partir do próximo dia 15 de julho. Como sempre acontece quando são divulgadas as deliberações do comitê, uma parte da população elogiou as decisões tomadas nesta semana e outra criticou.

 

Comerciantes que fecharam as portas dos seus estabelecimentos durante uma semana por causa do baixo estoque de medicamentos de sedação na rede pública de saúde realizaram uma manifestação na última segunda-feira (29) próximo ao novo Fórum da Comarca de Araxá. A intenção dos comerciantes era realizar a manifestação em frente ao novo prédio do Poder Judiciário, que estava sendo inaugurado, mas eles não puderam se aproximar do local. No mesmo dia o comitê permitiu que eles reabrissem os seus estabelecimentos comerciais, pois a Secretaria de Saúde conseguiu adquirir sedativos para recompor o seu estoque. Agora são os vendedores ambulantes que tentam organizar uma manifestação para pedir o retorno das suas atividades. Caberá ao comitê decidir se atende ou não a esse pedido. E qualquer que seja a decisão, o comitê certamente será elogiado por uns e criticado por outros. #PandemiaCoronavírus

 

 

Coluna #prontofalei publicada na edição nº 3821 do jornal Correio de Araxá em 4 de julho de 2020

 

This entry was posted in #prontofalei. Bookmark the permalink.

Comments are closed.