#prontofalei – Inscrições abertas para o processo seletivo do Partido Novo

O Partido Novo lançou o terceiro edital para a avaliação de postulantes a pré-candidatos a prefeito nas eleições municipais de 2020. Esse edital abre processos seletivos para a escolha de pré-candidatos em 46 cidades do país e Araxá está entre elas. Os postulantes aprovados ao final do processo seletivo serão submetidos às convenções partidárias. Portanto, a palavra final sobre quem será o candidato a prefeito do Partido Novo em cada cidade onde acontecer esse processo seletivo será dos filiados. O processo seletivo é composto de três etapas, sendo que na segunda o postulante tem que pagar uma taxa de inscrição de R$ 2 mil.

 

Partido do governador Romeu Zema, o Novo terá candidato a prefeito em Araxá. Dois empresários aqui da cidade, que são filiados ao partido, já realizaram as suas inscrições para participar do processo seletivo. Ricardo Zema Guimarães e Pedro Moura pretendem ser o pré-candidato a prefeito do Novo em Araxá. Eles me confirmaram que fizeram as suas inscrições e agora aguardam o início da primeira etapa. Também conversei rapidamente com o empresário Emílio Neumann, uma das lideranças do Novo na cidade, que não confirmou ter feito a inscrição para o processo seletivo, mas também não negou. Existe uma grande expectativa na cidade sobre quem será o candidato a prefeito do partido de Romeu Zema.

 

Com a aproximação de 2020, o número de pré-candidatos a prefeito tende a aumentar. Candidato a prefeito em 2016 pelo PT, o advogado Daniel Rosa trabalha para se candidatar novamente ao cargo de chefe do Executivo no ano que vem. Ele deve deixar o PT e ir para o PV. A jornalista Ana Paula Machado, que anunciou a sua pré-candidatura a prefeita no final de abril deste ano, ainda não divulgou qual será o seu partido. Ela já disse que recebeu convites de algumas legendas. O ex-vereador Mauro Chaves segue firme com a sua pré-candidatura a prefeito. Ele e o vereador Robson Magela acertaram uma dobradinha para 2020. Robson também tem se posicionado como pré-candidato a prefeito. A definição de qual dos dois será o cabeça de chapa deve ficar mesmo para o ano que vem.

 

Já o grupo que atualmente comanda o Governo Municipal ainda não tem um pré-candidato a prefeito definido. Recentemente entrevistei o prefeito Aracely de Paula no programa Sem Censura, veiculado pelo portal Diário de Araxá, e ele afirmou que ainda não tem candidato para 2020. Tenho a impressão que o prefeito deseja ter um candidato oriundo do seu secretariado, mas até o momento não conseguiu emplacar o nome de nenhum deles. Aracely e a vice-prefeita Lídia Jordão estão afastados atualmente. Também entrevistei a vice, que foi enfática ao dizer que hoje a sua relação com Aracely é apenas institucional. Mas é bom lembrar que eles também se afastaram às vésperas da eleição de 2016 e depois se reaproximaram para disputar o pleito juntos.

 

Aracely é um político experiente. Se ver que nenhum nome do seu grupo vai emplacar, ele pode perfeitamente se reaproximar da vice-prefeita novamente para apoiar a candidatura dela ao Executivo. Lídia não dispensará o apoio do prefeito. E o deputado estadual Bosco? Uma pessoa muito próxima dele me disse há duas semanas que o Bosco ainda não decidiu se será candidato a prefeito em 2020, mas garantiu que se a candidatura dele se concretizar não existe nenhuma possibilidade do deputado ser apoiado pelo prefeito Aracely. Bosco ainda não digeriu a bola nas costas que levou de Aracely e Lídia na eleição do ano passado.

 

O ex-prefeito Antônio Leonardo, que deixou o cargo em 2008 com um alto índice de aprovação, ainda não sinalizou a sua intenção de ser ou não candidato ao cargo que já ocupou por oito anos. Por ter feito uma administração bem avaliada pela população, Toninho sempre é citado como provável pré-candidato, mesmo não falando nada sobre eleição municipal. Existem muitas pessoas apostando em diversas candidaturas a prefeito de Araxá em 2020, afinal existem vários outros nomes sendo especulados. Porém, diante do cenário que está sendo desenhado para o ano que vem, a eleição não deverá ter tantos candidatos assim. Três ou quatro no máximo. Não tenho dúvida de que será uma eleição muito disputada, tanto no mundo real como no virtual. E o eleitor terá a oportunidade de usar o voto da melhor maneira possível em prol da nossa cidade. #Eleições2020

 

Coluna #prontofalei publicada na edição nº 3785 do Correio de Araxá em 26 de outubro de 2019

 

This entry was posted in #prontofalei. Bookmark the permalink.

Comments are closed.