Grande Arraiá leva 12 mil pessoas à Fundação Cultural Calmon Barreto

Em um novo formato, agora com três dias, o Grande Arraiá levou cerca de 12 mil pessoas ao pátio da Fundação Cultural Calmon Barreto no último fim de semana. Um sucesso. Não só pelo grande público que prestigiou o evento, mas principalmente por este ter cumprido sua principal função: o resgate das festas juninas mineiras. “Foi emocionante estar aqui. Primeiro porque a gente revive tudo que passamos na nossa infância, brinca, dança, canta. Segundo porque meus filhos estão tendo a oportunidade de vivenciar isso também da melhor forma possível”, comenta a microempresária Bianca de Assis.

 

Para proporcionar isso a famílias como a de Bianca, segurança e comodidade se uniram a uma grade de shows impecável e às delícias da culinária típica. Tudo em uma estrutura pensada para valorizar o prédio histórico que abrigou por anos a estação de trens de Araxá. A plataforma recebeu decoração especial (parceria com escolas da cidade) e uma exposição museológica com peças que fizeram muita gente viajar no tempo. “Relembra as coisas do passado. Tem coisas que a gente não conhecia, só tinha ouvido falar, mas que fez parte da realidade dos nossos antepassados. Gostei muito e agradeço por haver um evento assim aqui na cidade”, diz Alexsandro Fonseca.

 

A programação cultural trouxe para o palco do Grande Arraiá nomes como João Lima, Gustavo Neves, Trio Façúa e Bia Socek. “Estou até emocionada porque o que eu vi aqui é uma coisa magnífica. Uma valorização das nossas raízes sem igual e com certeza essa passagem por aqui marcou minha carreira”, comentou Bia.

 

A emoção tomou conta da plateia em apresentações como a da Orquestra Paulistana de Viola Caipira. Fundada em 1997 pelo maestro Rui Torneze é hoje a corporação musical do gênero mais atuante no território nacional e já tocou, entre outros, com Inezita Barroso, Sérgio Reis, Renato Teixeira, Almir Sater, Agnaldo Rayol, Jair Rodrigues e Paula Fernandes. “Emocionada. A gente vem para uma festa assim pensando só em diversão e encontra uma orquestra desta que é uma perfeição. Tô aqui ouvindo e lembrando do meu pai que colocava essas músicas pra tocar todos os domingos de manhã na vitrolinha dele”, conta a pedagoga Maria Helena Sintra.

 

Além das atrações musicais, quadrilhas profissionais e amadoras também se apresentaram. Neste clima, os intervalos eram um convite a um “dedo de prosa”, resgate da oralidade, linguagem e produção cultural  representado pelo Concurso de Causos, que neste ano premiou três talentos. “Quero parabenizar a organização. Foi bom demais participar e ano que vem quero estar de volta contando mais causos”, diz Deusdete Pereira da Silva Filho, de Nova Serrana / MG; um dos premiados.

 

Para acompanhar um bom papo, comida boa. Opções nas barraquinhas coordenadas por entidades sociais de Araxá não faltaram. Tinha quentão, caldos, canjica, churrasco, batata frita. Todo lucro da comercialização é dividido entre as instituições com o intuito de ajudá-las a manter o trabalho. “É o terceiro ano que a gente participa do Grande Arraiá e a gente fica muito grato de poder participar mais uma vez junto com essa equipe apoiando e ajudando uns aos outros. Foi um sucesso”, comenta Gisele de Paiva, coordenadora da Ampara.

 

O Grande Arraiá

 

 

O Grande Arraiá encerra o Circuito Junino da TV Integração.  É uma iniciativa da emissora, promovido pela Fundação ACIA, com patrocínio da CBMM, Zema e Entrefarma, apoio da Prefeitura Municipal de Araxá,  Fundação Calmon Barreto e Acia. 

 

Para o gerente de relações corporativas da TV Integração, Antônio Leonardo Lemos Oliveira, a festa cumpriu seu papel.  “É um evento que se consolida a cada ano, uma tradição cultural que a TV Integração está ajudando a resgatar juntamente com tantos parceiros institucionais. Vermos as famílias de Araxá no pátio da estação ferroviária, a cultura sendo vivenciada através da festança junina em todas as suas dimensões, é uma alegria enorme para nós que adoramos essa terra”, ressalta.

 

A presidente da Fundação Cultural Acia, Régia Côrtes fez um balanço desta edição. “O balanço foi extremamente positivo. O evento foi muito prestigiado, tivemos aqui por volta de 12 mil pessoas nos três dias, vários shows, várias atrações. Nós, a TV Integração e a Fundação Acia, agradecemos a população de Araxá e região pela presença e até 2020!”, adiantou.

This entry was posted in +, Opinião. Bookmark the permalink.

Comments are closed.