#prontofalei – Araxá já tem dois pré-candidatos a prefeito

A eleição municipal de 2020 promete ser muito disputada em Araxá. Motivados pela inesperada vitória do governador Romeu Zema nas eleições do ano passado, diversos novatos na política devem tentar uma cadeira na Câmara Municipal e até mesmo o cargo de prefeito da cidade. Nesta semana a disputa ganhou uma nova personagem. A jornalista Ana Paula Machado anunciou por meio de áudio enviado ao programa Imbiara Notícias, da Rádio Imbiara FM, que é pré-candidata a prefeita de Araxá. O anúncio aconteceu durante o debate político comandado pela jornalista Regina Porfírio. Ana Paula informou que ainda não está filiada a nenhum partido político.

 

Uma das mais competentes jornalistas da nossa cidade, Ana Paula é proprietária do jornal Clarim e do portal ClarimNet. Ela é filha do saudoso arquiteto Marcello de Gusmão Machado, que entre inúmeros trabalhos realizados em Araxá projetou o Parque do Cristo. Tive o prazer de trabalhar com Ana Paula na extinta Rádio Cidade AM. Fazíamos o Jornal da Cidade. A primeira vez que escrevi em um jornal impresso foi no Clarim, onde assinei a coluna Jogo Duro na página de esportes. Ana Paula já está no jornalismo araxaenses há décadas e conhece muito bem os bastidores políticos da cidade. O anúncio da pré-candidatura da jornalista agitou o meio político.

 

Para quem acha que Ana Paula se precipitou ao anunciar a sua pré-candidatura a prefeita, afinal a eleição só acontece em outubro de 2020, é bom lembrar que o próximo pleito municipal já teve início ainda no ano passado. Logo depois das eleições gerais de 2018, o ex-vereador Mauro Chaves, que foi candidato a deputado federal naquele pleito, anunciou em entrevista concedida à Rádio Volt FM no dia 11 de outubro que será candidato a prefeito novamente em 2020. Ele foi candidato em 2016, quando perdeu para o prefeito Aracely. Portanto, Araxá já tem dois pré-candidatos a prefeito anunciados até agora: Mauro e Ana Paula. E outros já se movimentam nos bastidores.

 

Outra candidatura dada como certa é a da vice-prefeita Lídia Jordão, que deve ter o apoio do prefeito Aracely. A expressiva votação que a vice obteve em Araxá no ano passado como candidata a deputada estadual a motivou ainda mais a se candidatar a prefeita em 2020. No meio político existe quase que um senso comum de que Lídia não disputará a Prefeitura se o ex-prefeito Antônio Leonardo (Toninho) for candidato, pois ela participou dos seus dois mandatos como secretária em mais de uma pasta e foi eleita vereadora em decorrência do trabalho que realizou no governo dele. Eu não acredito nisso. A candidatura de Lídia no ano passado contra o deputado Bosco, que a apoiou na eleição municipal de 2016, é uma prova de que ela pode sim enfrentar seus companheiros políticos nas urnas para tentar alcançar seus objetivos.

 

Aliás, o nome do deputado Bosco começa a ser ventilado nos bastidores políticos como um provável candidato a prefeito. Ele certamente não apoiará a candidatura da vice Lídia e tentará articular uma candidatura contrária, que para muitos pode ser a dele mesmo. Bosco nunca escondeu de ninguém que sonha em ser prefeito de Araxá, mas o momento ainda não é muito favorável para ele. A queda considerável da votação dele em nossa cidade no ano passado ainda está muito viva na memória do eleitorado. Uma derrota em 2020 pode comprometer o futuro político de Bosco. O melhor é que o deputado continue exercendo o seu terceiro mandato na Assembleia de Minas e depois tente reconquistar a cadeira de Araxá no Congresso Nacional em 2022.

 

Quem virá forte para a eleição municipal do ano que vem é o Partido Novo, cujo candidato deve sair deste trio: Ricardo Zema Guimarães, Emílio Neumann e Adriano Pimenta. Desses, apenas Emílio ainda não foi candidato a cargo eletivo. Porém, o atual presidente da Acia tentou ser candidato a prefeito em 2016 quando disputou a indicação do PSDB com Mauro Chaves, que acabou sendo o escolhido. Mesmo com as derrapadas de Romeu Zema no Governo do Estado, o governador ainda conta com muito prestígio em Araxá e pode ser o fiel da balança na eleição do próximo prefeito da cidade. E se o escolhido do Novo for Ricardo, ele certamente usará apenas o sobrenome Zema para dar mais peso para a sua candidatura e fazer o eleitorado ligá-lo ao primo governador.

 

Presente em todas as eleições municipais em Araxá desde a sua fundação, seja com candidato a prefeito ou vice, o Partido dos Trabalhadores dificilmente terá candidatura majoritária em 2020. O foco do partido deve ser formar uma boa chapa de candidatos a vereador para não perder a sua cadeira na Câmara. O último candidato a prefeito do PT foi Daniel Rosa, que de acordo com informações que obtive estava deixando a legenda de Lula, Dilma e Pimentel para se filiar ao Partido Verde.

 

Na Câmara Municipal o nome mais comentado nas redes sociais para uma possível candidatura a prefeito é o do vereador Robson Magela, que tem dito para quem o pergunta sobre o assunto que está focado apenas em seu mandato parlamentar. Muitos apostam que, em uma eleição que promete ser bastante disputada, o candidato a vice-prefeito fará a diferença e que os melhores nomes para o cargo estão no Legislativo. Robson também é cotado para uma candidatura a vice-prefeito, assim como os vereadores Raphael Rios, Roberto do Sindicato, Fernanda Castelha, Bosco Júnior e Fabiano Santos. Mas é bom lembrar que um político não escolhe ser candidato a vice. Ele é escolhido pelo candidato a prefeito.

 

A grande incógnita para 2020 continua sendo o ex-prefeito Toninho, que não dá nenhuma pista se tentará voltar ao comando do Executivo. Apontado como o grande favorito para a disputa, Toninho é o único que poderá reunir Lídia e Bosco em um mesmo palanque diminuindo assim o número de candidaturas. Apesar que eu continuo achando que Lídia dificilmente abrirá mão de sua candidatura para apoiar Toninho. Mas, de toda forma, Toninho continua sendo o nome mais forte para a eleição do ano que vem. Resta saber agora se ele vai querer ou não ser candidato a prefeito. A disputa já começou. Façam as suas apostas. #Eleição2020

 

Coluna #prontofalei publicada na edição nº 3761 do Correio de Araxá em 04 de maio de 2019

 

This entry was posted in #prontofalei, Destaques. Bookmark the permalink.

Comments are closed.