Raphael Rios apoia projeto de acolhimento de crianças e adolescentes em situação de risco social

Ao usar a tribuna na reunião ordinária da última terça-feira, dia 7, o vereador Raphael Rios (SD) abordou a importância e manifestou apoio ao Projeto Acolhendo e Apadrinhando Vidas, apresentado à comunidade durante solenidade realizada no Centro Administrativo. A iniciativa do projeto vem do Grupo Aquecendo Vidas, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Ministério Público, Câmara Municipal e Secretaria Municipal de Ação e Promoção Social.

 

A palestra magna para tratar sobre o tema foi proferida pelo juiz de Direito da Vara da Infância da Comarca de Camapuã (MS), Dr. Deni Luis Dalla Riva. Durante o encontro, o juiz deu o exemplo de sua cidade em que a ação está em pleno funcionamento.

 

Por ser um projeto de lei de competência Executiva, a medida precisa ser elaborado pela Prefeitura e enviada à Câmara Municipal para apreciação dos vereadores. Raphael apoia a iniciativa e destaca a sua importância, para garantir que crianças e adolescentes possam manter convívios sociais e familiares. Para as famílias que se interessarem nesse trabalho de acolhimento, é dado auxílio financeiro e apoio por meio de uma rede de profissionais capacitados. 

 

Acolhimento Familiar

 

Acolhimento familiar é uma modalidade de acolhimento provisório e acontece em residências de famílias cadastradas que serão selecionadas. O acolhimento acontece em ambiente familiar, garantindo a construção de vínculos individualizados e convivência comunitária para crianças ou adolescentes afastados da família biológica por determinação judicial, como medida de proteção excepcional e provisória.

 

O objetivo prioritário do acolhimento é o retorno da criança e adolescente à família biológica (que podem ser os pais, irmãos ou parentes próximos). Durante o período de afastamento, todos os esforços são empreendidos para que os vínculos com a família biológica sejam mantidos. Os familiares devem receber do Estado acompanhamento psicossocial para auxilio e superação das situações que levaram ao acolhimento.

 

Retorno Indicações

 

Raphael apresentou na Tribuna o retorno que recebeu de indicações enviadas à Prefeitura Municipal e ao Instituto de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável de Araxá (IPDSA).

 

– Indicação 39/2019 – Instalação Ecopontos (IPDSA) – Apoia a implantação de forma planejada, seguindo a rigor todos os processos e etapas que antecedem à terceirização dos serviços primários, para que depois dentro do conceito “ecologicamente correto”, tenha condições de ser operado.

 

– Indicação 131/2019 – Melhorias acesso ao Cefet (Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania) – Já foi realizada visita técnica e aguarda processo licitatório para executar a obra.

 

– Indicação 133/2019 – Substituição de lâmpadas queimadas UPA (Secretaria de Serviços Urbanos) – Já solicitou à Rema Engenharia (empresa que executa os serviços de iluminação pública) que realize a ronda noturna na UPA, identifique as lâmpadas queimadas e faça a substituição necessária.

 

Demais ações

 

– Indicação à Secretaria de Serviços Urbanos para que seja realizado o asfaltamento de pequenas vias para viabilizar a ligação entre os bairros Camuá e Fenícia;

 

– Indicação à Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania para que seja feito um estudo de viabilidade para implantação de um redutor de velocidade na Avenida Francisca Maria da Costa, no bairro Camuá.

This entry was posted in Cidade, Política. Bookmark the permalink.

Comments are closed.