Câmara derruba veto ao projeto da vereadora Fernanda que proíbe fogos de artifício que causam poluição sonora

O veto do prefeito Aracely de Paula ao projeto de lei de autoria da vereadora Fernanda Castelha (PSL) que proíbe o uso e comercialização de fogos de artifício que causam poluição sonora em Araxá foi derrubado nesta semana pela Câmara Municipal. O projeto aprovado pelos vereadores em setembro deste ano foi vetado pelo chefe do Executivo há um mês. O veto foi derrubado por 10 a 4.

 

Além da vereadora Fernanda, também votaram contra o veto os vereadores Robson Magela (PRB), Raphael Rios (SD), Ceará da Padaria (PMB), Roberto do Sindicato (SD), Bosco Júnior (AVA) Zezinho da Aserpa (PT), Hudson Fiúza (PSL), Fárley Cabeleireiro (DEM) e Luiz Carlos Bittencourt (PODE).

 

Os votos a favor do veto foram dos vereadores Garrado (PR), Edinho Souza (PTB), Jairinho Borges (PRP) e Emílio Castilho (PR).

 

 

Idosos, autistas, enfermos e os animais, todos muito sensíveis aos barulhos extremos, deixarão de ser incomodados pelos fogos de artifício com estampido. A vereadora Fernanda frisou que a beleza e o festival de luzes dos fogos de pirotécnicos permanecerão e a festas continuarão com seus belos espetáculos em Araxá.

 

Agora o projeto precisa ser publicado para passar a vigorar. Em seguida, os comerciantes que ainda tiverem em seus estoques fogos ruidosos terão o prazo de três meses para se adaptar à nova legislação municipal.

This entry was posted in Destaques, Opinião. Bookmark the permalink.

Comments are closed.