10ª Campanha de Doação de Sangue no Uniaraxá

O Dia do Doador Voluntário de Sangue é comemorado no Brasil, no dia 25 de novembro. A data homenageia aqueles que se voluntariam para doar sangue e também conscientizar sobre a importância da doação de sangue.

 

Sempre ao final do ano, as doações caem e colocam os hemocentros em alerta pois é também no período de férias que a procura é maior. Ao participar da campanha em Araxá, o doador estará aumentando o estoque do Hemocentro de Uberaba, que é o responsável pelo abastecimento de Araxá e toda região.

 

A Associação de Doadores de Sangue de Araxá (Sangue Bom), Hospital Dom Bosco, Santa Casa de Misericórdia, Unimed, a Secretaria de Saúde e o Uniaraxá, em parceria com o Hemocentro de Uberaba, convida a população para a 10ª Campanha de Doação de Sangue.

 

A Campanha acontece no dia 7 de dezembro, na ala da fisioterapia do Uniaraxá, a partir das 8h. Serão distribuídas até 120 fichas para os doadores voluntários.

 

Requisitos básicos para ser doador de sangue

 

– Estar com boa saúde;

 

– Dormir bem na noite anterior à doação;

 

– Ter idade entre 18 e 64 anos;

 

– Pesar acima de 50 Kg;

 

– Não ter tido hepatite após os 10 anos de idade;

 

– Não estar gripado, resfriado, com febre ou diarreia;

 

– Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

 

– Não ser usuário de drogas;

 

– Não apresentar ferimento ainda não cicatrizado;

 

– Não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis;

 

– Não estar grávida ou em período de amamentação. (Após o parto normal, é necessário aguardar três meses e, após cesárea, seis meses para doação de sangue);

 

– Não ter sido submetido a exame de endoscopia ou broncoscopia nos últimos 12 meses;

 

– Não ter feito tatuagem, sobrancelha (definitiva, micropigmentação), nos últimos 12 meses;

 

– Não ter sido vacinado contra gripe a menos de 30 dias;

 

– Não doe sangue em jejum, alimente-se antes da doação;

 

– Outras condições, que também poderão impedir a doação, serão avaliadas na triagem antes da doação. Haverá uma entrevista com um médico, que fará algumas perguntas de caráter pessoal e íntimo. As informações prestadas serão mantidas em rigoroso sigilo. A entrevista inicial é importante, pois existem condições, como sorologia positiva para HIV, que podem ser transmitidas pelo sangue e que, às vezes, não podem ser identificadas dentro do período chamado “janela imunológica”, que pode ocorrer após os primeiros meses da infecção com o vírus;

 

– É necessário apresentar, no ato da doação, documento original com foto: Carteira de Identidade, de Trabalho, Profissional, Conselho de Classe ou Certificado de Reservista;

 

Doar Sangue é um ato de vida. Uma doação pode salvar até quatro vidas. Seja um doador!!!

This entry was posted in +, Cidade, Saúde. Bookmark the permalink.

Comments are closed.