#prontofalei – Boa sorte, Romeu

Araxá está eufórica com a eleição de Romeu Zema. E não poderia ser diferente, afinal o filho de Ricardo e Maria Lúcia Zema obteve quase sete milhões de votos no segundo turno das eleições e foi eleito governador de Minas Gerais com 71,8% dos votos válidos. Pela primeira vez na história um araxaense comandará o Governo do Estado. A votação de Romeu em Araxá foi histórica. O empresário conquistou 95,6% dos votos válidos em nossa cidade, uma marca que nunca foi atingida por nenhum outro político.

 

Estreante na política e candidato a um cargo eletivo pela primeira vez, Romeu Zema conseguiu no segundo turno uma votação que nem a soma dos votos que todos os políticos de Araxá conquistaram nas últimas décadas consegue superar. Foram quase sete milhões de votos. O araxaense é o primeiro governador eleito pelo partido Novo. A legenda estreou em eleições gerais neste ano. Eleito governador do estado que possui o segundo maior colégio eleitoral do país, Romeu se tornou a principal liderança do partido Novo no país. Se fizer um bom governo, ele pode alçar voos mais altos.

 

Romeu sentiu na pele durante a campanha eleitoral do segundo turno a maneira suja e desleal como as velhas raposas da política mineira agem para conseguir os seus objetivos. Ele foi alvo de todo tipo de mentiras, ataques e calúnias. Querendo voltar ao poder a todo custo, o PSDB de Aécio Neves e Antônio Anastasia promoveu uma campanha baixa que tentou denegrir o araxaense de todas as formas. Fake news foram produzidas, entrevistas editadas e falas retiradas do contexto. Tudo para atacar Romeu.

 

A corja do PSDB chegou ao ponto de usar uma falsa denúncia de crime contra o candidato do Novo para prejudicá-lo. Uma atitude nojenta, imoral e antiética. Os tucanos sabiam que Romeu não cometeu crime nenhum, conforme foi comprovado pela Polícia Civil e pelo Ministério Público, mas mesmo assim usaram o fato para tentar ganhar a eleição. E o senador Anastasia, que bate no peito para dizer que é muito ético, foi conivente com toda essa sujeirada. Já votei nele para governador e senador. Depois de tudo o que vi nessas eleições, Anastasia nunca mais terá meu voto.

 

De nada adiantou a campanha baixa promovida pelo PSDB. O povo mineiro não é bobo e percebeu o jogo sujo dos tucanos para retomar o poder em Minas Gerais. Romeu, que já tinha deixado para trás no primeiro turno o PT do atual governador Fernando Pimentel, atropelou os tucanos e foi eleito. O eleitorado mostrou nas urnas que cansou da polarização entre PT e PSDB, que são os dois partidos políticos responsáveis pela crise financeira do nosso Estado. Por meio do voto, os mineiros deram um basta no desperdício de dinheiro público e na corrupção que quebraram Minas Gerais.

 

Romeu Zema tem um grande desafio pela frente. Minas Gerais está falida. O Governo do Estado deve R$ 10 bilhões para os 853 municípios mineiros e há meses paga os seus servidores de forma parcelada. Ninguém ainda sabe o tamanho do rombo deixado pelos governos do PT e PSDB. O governador eleito terá que fazer uma auditoria nas contas públicas e divulgar para o povo mineiro todas as informações sobre as dívidas do Estado. O novo governo precisa se transparente desde o início.

 

Os araxaenses estão esperançosos de que a nossa cidade vai melhorar bastante com a eleição de Romeu Zema. É claro que ele terá uma atenção especial com Araxá, mas as pessoas precisam entender que ele foi eleito governador do Estado e não prefeito da cidade. Espero que o governador eleito tenha um bom relacionamento com o prefeito Aracely e a Câmara Municipal, pois o entrosamento de todos os agentes políticos da cidade será fundamental para o desenvolvimento do município nos próximos anos.

 

Araxá perdeu muito nas últimas décadas por causa da desunião da classe política da cidade. Agora é o momento do município recuperar o seu espaço no Estado. Temos que ter aqui superintendências regionais de saúde e educação, além de um departamento da Polícia Civil e uma regional da Polícia Militar. Chega de depender de Uberaba para tudo. Mas para que isso se torne realidade não basta só a vontade do governador eleito. É preciso que todas as lideranças políticas da cidade falem a mesma língua e deixem as vaidades de lado.

 

Romeu Zema terá que ter uma boa relação com a Assembleia Legislativa para conseguir colocar em prática o seu plano de governo. E para isso deverá contar com a experiência do deputado estadual Bosco, que foi reeleito para o seu terceiro mandato. O parlamentar araxaense fez campanha para Romeu no segundo turno e pode ser o elo de ligação do Governo do Estado com os deputados. O governador eleito pretende ir até a Assembleia de Minas uma vez por mês para dialogar com os parlamentares, o que será uma novidade.

 

Ouvi várias especulações em Araxá nesta semana sobre quais profissionais da cidade poderiam fazer parte do governo de Romeu Zema. De todos os nomes que ouvi, o que mais me agradou foi o do ex-diretor da CBMM Antônio Gilberto Ribeiro de Castro, que por sua experiência poderia perfeitamente ser presidente da Codemig. Defendo há anos que a presidência da Codemig deve ser ocupada por um araxaense e espero que isto aconteça agora que teremos um conterrâneo no comando do Governo do Estado.

 

Romeu Zema é a esperança de dias melhores para milhões de mineiros. Está nas mãos do filho de Araxá o futuro do nosso Estado. A caminhada do governador eleito será árdua e repleta de obstáculos. O povo mineiro estará torcendo para que ele supere todas das adversidades, afinal o sucesso do seu governo representará uma vida melhor para todos. Boa sorte, Romeu. #GovernadorDeAraxá

 

Coluna #prontofalei publicada na edição nº 3735 do Correio de Araxá em 03 de novembro de 2018

 

This entry was posted in #prontofalei, Destaques. Bookmark the permalink.

Comments are closed.