Vereador Robson Magela cobra repasse da Prefeitura para o Celb

O vereador Robson Magela (PRB) informou na reunião ordinária da Câmara Municipal desta terça-feira, 16 de outubro, que o Centro Educativo Louis Braille (Celb) paralisou as suas atividades na semana passada por falta de recursos financeiros. Robson revelou que a Prefeitura de Araxá não repassou nenhuma parcela referente ao projeto aprovado pelos vereadores em 2017 e cobrou que o prefeito Aracely de Paula faça o repasse.

 

O Celb atende cerca de 80 pessoas com deficiência visual em Araxá. O trabalho da entidade tem como objetivo a inserção social, escolar e profissional dos deficientes visuais. A coordenadora do Celb, Luzia Márcia Vieira, acompanhou a reunião da Câmara Municipal. Robson lembrou que os vereadores aprovaram um projeto de lei que autorizou o município a repassar R$ 95.661,00 para a entidade, que seriam divididos em quatro parcelas.

 

“Depois que aprovamos o projeto em 2017, o prefeito Aracely sancionou a lei autorizando esse repasse. Porém, já estamos em outubro de 2018 e o Celb não recebeu nenhuma parcela prevista nessa lei. A entidade está com a documentação em dia. O que adiantou então aprovarmos o projeto se o Celb não recebeu nenhum centavo? Onde estão esses R$ 95 mil?”, indagou o vereador.

 

Robson salientou que o trabalho realizado pelo Celb proporciona mais qualidade de vida aos deficientes visuais da cidade e cobrou o repasse para a entidade. “Eu não entendo como a Administração Municipal pode torrar milhões de reais em viadutos e deixar de repassar recursos para uma entidade como o Celb que realiza um importante trabalho de inclusão na cidade. Espero que o prefeito Aracely coloque a mão na consciência e libere esse repasse para o Celb”, finalizou o parlamentar.

This entry was posted in Destaques, Opinião. Bookmark the permalink.

Comments are closed.