Raphael Rios reforça pedido para instalação de câmeras na UPA

Raphael Rios. Foto: Ascom parlamentar.A Polícia Civil está investigando um caso de agressão ocorrido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na madrugada de domingo, dia 5. Na reunião ordinária da Câmara Municipal da última terça-feira, dia 7, o vereador Raphael Rios (SD) comentou que está acompanhando a apuração dos fatos e reforçou um pedido visando segurança dos pacientes e servidores na UPA. 

 

Raphael Rios relatou a importância da implantação de um sistema de videomonitoramento na unidade. “A necessidade de câmeras na UPA é urgente. É uma demanda que já foi levantada na Câmara Municipal, e estamos reforçando esse pedido. Além de coibir várias situações, imagens de circuito internos auxiliam a verificar qualquer fato atípico no local”, diz. 

 

O vereador também fez um requerimento relacionado a um treinamento contínuo dos servidores. “Quanto mais cursos e conhecimentos, melhor. Uma qualificação continuada é importante para o atendimento ao usuário e valorização do servidor”, reitera o vereador.

 

O vereador cobrou a apuração do fato e uma resposta oficial da Administração Municipal. Como relator da Comissão de Saúde, Raphael Rios seguirá acompanhando o caso. 

 

Os requerimentos serão encaminhados como Indicação à Secretaria Municipal de Saúde.

 

Criação de agenda para a área de inovação

 

Raphael Rios também destacou apresentação de requerimento solicitando à Mesa Diretora da Câmara a realização de um Fórum Comunitário, com o objetivo de debater  “Inovação como fator de desenvolvimento socioeconômico em Araxá”.

 

Esta demanda foi indicada ao vereador pelo Sebrae-MG, juntamente com a Acia Jovem, SunValley, Cefet, Uniaraxá, Automatiza e Engmine.

 

A audiência servirá como oportunidade de elaboração de uma agenda para formação ao empreendedorismo, fortalecimento da inserção competitiva de territórios e implementação de políticas para o setor de desenvolvimento econômico.

This entry was posted in Cidade, Política. Bookmark the permalink.

Comments are closed.