Fernanda Castelha apresenta projeto que proíbe fogos de artifício em Araxá

Vereadora Fernanda Castelha. Foto: Ascom parlamentar.A vereadora Fernanda Castelha (PSL) apresentou um importante Projeto de Lei na reunião ordinária da Câmara Municipal realizada na última terça-feira, dia 17. O projeto apresentado por Fernanda propõe a proibição da comercialização e uso de fogos de artifício que causam poluição sonora, como estouros e estampidos, em Araxá, incluindo a zona rural.

 

Fernanda reconheceu a importância das tradições e costumes populares envolvendo comemorações com a utilização dos fogos. “É inegável que, em ocasiões festivas, as pessoas desejam se manifestar de diferentes maneiras, extravasando sua alegria, satisfação e emoções. Uma das formas mais tradicionais e bonitas é a queima de fogos de artifício, em eventos como a virada do ano, tradicional em todo o Brasil, jogos de futebol e em festas religiosas. Porém, já sabemos que a aparente beleza esconde diversos efeitos nocivos ocasionados nessas festividades”, disse a vereadora.  

 

Diversas pesquisas científicas demonstram os efeitos danosos da queima de fogos, prática que é aparentemente inofensiva para a maioria da população. Profissionais de saúde, famílias de portadores de autismo e outros transtornos neurológicos, veterinários e protetores de animais têm questionado como estes artefatos pirotécnicos ruidosos trazem enormes prejuízos àqueles mais suscetíveis aos barulhos extremos.

 

Em relação aos animais, os cães e gatos têm audição quatro vezes mais aguçada que o ser humano. “A queima de fogos de artifício causa, muitas vezes, traumas irreversíveis aos animais, especialmente por terem a audição hipersensível. Em alguns casos, os cães se debatem presos às coleiras até a morte por asfixia, acontecem fugas desesperadas, automutilação e até distúrbios digestivos. Os gatos sofrem severas alterações cardíacas com as explosões e os pássaros têm a saúde muito afetada e, algumas espécies, alteram seu fluxo de migração”, explicou Fernanda.

 

Foto: Ascom parlamentar.

 

A vereadora informou que atualmente várias cidades brasileiras já adotaram os fogos silenciosos, entre elas Campinas (SP), Campos do Jordão (SP), Ubatuba (SP), Alfenas (MG), Poços de Caldas (MG), Três Pontas (MG), dentre outras. 

 

“Enfatizo que este projeto não visa a proibição das comemorações com fogos de artifício, show de incontestável beleza. O objetivo é que essas manifestações festivas sejam adaptadas, substituindo os fogos ruidosos pelos chamados fogos de vista que são silenciosos e não prejudicam com barulhos excessivos”, finalizou Fernanda, que exibiu um vídeo com diversos depoimentos para ilustrar os efeitos dos fogos para animais, idosos e pessoas portadoras de autismo. 

 

Confira o vídeo exibido pela vereadora Fernanda

 

This entry was posted in Cidade, Destaques, Política, Vídeos. Bookmark the permalink.

Comments are closed.