Filiações partidárias: Mauro Chaves no PROS e Lídia Jordão no PEN/Patriota

Imagem ilustrativa.Terminou nesta sexta-feira, dia 6, o prazo para que os pré-candidatos definissem por quais partidos políticos disputarão as eleições deste ano. O ex-vereador Mauro Chaves, que é pré-candidato a deputado federal, se filiou ao Partido Republicano da Ordem Social (PROS). Já a vice-prefeita Lídia Jordão, que fala da sua pré-candidatura no programa Sem Censura desta semana, se filiou ao Partido Ecológico Nacional (PEN), que em breve passará a se chamar Patriota.

 

Provavelmente Mauro e Lídia estarão em lados opostos na coligação majoritária, já que o PROS deve apoiar a reeleição do governador Fernando Pimentel (PT), como fez em 2014, e o PEN/Patriota deve apoiar a candidatura do senador Antônio Anastasia (PSDB) ou do deputado Rodrigo Pacheco (DEM) ao Governo de Minas. 

 

Nas eleições de 2014, o PROS não elegeu nenhum deputado federal em Minas Gerais. Porém, o partido conta atualmente com os deputados mineiros Weliton Prado (186.098 votos), Eros Biondini (179.073 votos) e Jaiminho Martins (158.907 votos), que foram eleitos por outras legendas e depois se filiaram ao PROS.

 

O PEN/Patriota também não elegeu deputado federal no estado em 2014 e continua sem nenhum. Para a Assembleia de Minas, o PEN/Patriota elegeu o deputado estadual Fred Costa, que obteve 70.823 votos.

 

O deputado estadual Bosco, que tentará a reeleição, continua filiado ao Avante, enquanto que o deputado federal Mário Heringer, que ainda não definiu a qual cargo concorrerá, segue no PDT.

This entry was posted in +, Política. Bookmark the permalink.

Comments are closed.