Araxá pode ficar fora dos Jogos Escolares de Minas Gerais

Foto: Ascom PMA.Ao usar a tribuna da Câmara Municipal na reunião ordinária na última terça-feira, dia 3, o vereador Robson Magela (PRB) voltou a cobrar a prestação de contas das obras de revitalização da avenida Antônio Carlos e informou que o valor pago foi maior do que o divulgado pela Prefeitura de Araxá. Robson também relatou que a Administração Municipal não vai apoiar os adolescentes que representarão a cidade nos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG) e pediu que esta decisão seja revista.

 

O vereador disse que continua aguardando a prestação de contas das obras de revitalização da avenida Antônio Carlos, que ele já solicitou ao prefeito Aracely por duas vezes por meio de indicações. Robson relatou que verificou no Portal da Transparência da Prefeitura de Araxá que a empresa que realizou a revitalização da avenida recebeu a quantia de R$ 1.165.884,96 pelo serviço.

 

Foto: Ascom parlamentar.

 

Robson informou que a Administração Municipal gastou R$ 73.969, 70 a mais do que foi divulgado no início das obras. A placa colocada na avenida durante a revitalização informava que seriam gastos R$ 1.091.915,26 com a revitalização. “Não tem como saber no Portal da Transparência como foram gastos esses recursos. Peço mais uma vez ao prefeito a prestação de contas, pois o povo tem o direito de saber como foi gasto cada centavo naquela obra que gerou tanta polêmica”, cobrou o vereador.

 

Araxá fora do JEMG

 

Robson relatou que os adolescentes de 12 a 17 anos das escolas que foram campeãs dos Jogos Estudantis de Araxá no ano passado estão vivendo um momento de incerteza, pois não sabem se irão representar a cidade no JEMG.

 

Foto: Ascom PMA.As escolas Vasco Santos, Maria de Magalhães, Polivalente, São Domingos e Cefet garantiram nos Jogos Estudantis de 2017 o direito de representar Araxá no JEMG nas disputas de vôlei, futsal, basquete, handebol e xadrez. A primeira etapa do JEMG acontece de 21 a 27 de maio deste ano em Frutal, sendo que neste mês de abril será realizado o congresso técnico para que as cidades confirmem presença.

 

Araxá participou do JEMG nos últimos anos graças ao apoio da Administração Municipal, que disponibilizou ônibus para levar os atletas, vans para o translado dentro da cidade e a alimentação.

 

“Infelizmente a Prefeitura informou que neste ano não irá apoiar a participação de Araxá no JEMG. Sem transporte e alimentação, as escolas não têm como representar a nossa cidade. São cerca de 100 atletas araxaenses que ficarão de fora da disputa”, contou Robson.

 

O vereador questionou a decisão da Prefeitura e pediu apoio para a participação das escolas de Araxá no JEMG. “Sem essa participação os Jogos Estudantis perdem o sentido, pois as escolas querem ser campeãs para representarem a cidade no JEMG. Se a Prefeitura está apoiando o pessoal que disputará os Jogos do Interior de Minas (JIMI), então por que não apoiar os adolescentes do JEMG também? Peço que o prefeito reveja essa decisão e apoie nossos atletas”, disse o parlamentar.

This entry was posted in +, Cidade, Esportes. Bookmark the permalink.

Comments are closed.