Prefeito Aracely tem audiências em Brasília para tratar demandas de Araxá

Foto: Ascom PMA.O prefeito Aracely de Paula, acompanhado do deputado federal Mário Heringer, participou de audiências na cidade de Brasília em busca de recursos referentes pavimentação asfáltica e inclusão de Araxá no Programa “Avançar Cidades – Saneamento”, desenvolvido pelo governo federal. As reuniões foram com os Ministros da Integração Nacional, Helder Barbalho, e o das Cidades, Alexandre Baldy. Aracely avaliou positivamente as reuniões e destacou que a viagem à Brasília foi realizada em momento estratégico.

 

Segundo o prefeito, na reunião com o Ministro das Cidades, Alexandre Baldy, ele tratou da liberação dos recursos da ordem de R$ 48. 047.200,00 oriundos do Programa Avançar Cidades – Saneamento. Essa iniciativa do governo federal destina recursos do Fundo de Garantia (FGTS) para obras de saneamento e melhorias na mobilidade urbana no município.

 

“O pedido de financiamento que fizemos junto ao Ministério das Cidades é para a canalização do Córrego Grande. Reiteramos a nossa solicitação já apresentada anteriormente ao Ministério. Os projetos serão analisados, segundo o Ministro Baldy, até o próximo dia 4. A receptividade do Ministro ao nosso pleito foi muito favorável, demonstrou interesse em avaliar nossa demanda garantindo que o deputado federal Mário Heringer e o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, já tinham conversado com ele sobre o pleito de Araxá”, ressalta o prefeito.

 

Já em outra audiência, prefeito e deputado Mário Heringer foram recebidos pelo Ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, conforme orientação do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, para interceder na liberação de recursos de R$ 2.000.000,00.

 

“Tivemos também no Ministério da Integração Nacional cobrando uma dívida que tinha sido esquecida e que, quando for liberada, usaremos esses recursos para a restauração da pavimentação asfáltica de Araxá. Temos sempre de estar presente junto aos órgãos do governo buscando agilizar a liberação de recursos para a cidade”, finaliza Aracely. 

This entry was posted in +, Cidade. Bookmark the permalink.

Comments are closed.