Fórum Comunitário debate a reabertura da Delegacia Rural em Araxá

Foto: Ascom CMA.A viabilidade de reabertura da Delegacia Rural em Araxá foi o tema debatido no Fórum Comunitário realizado ontem, dia 22, na Câmara Municipal. O debate foi solicitado pelos vereadores que fazem parte da Comissão de Finanças, Justiça, Legislação e Redação Final: Robson Magela (PRB), Luiz Carlos Bittencourt (PODE) e César Romero da Silva (Garrado- PR).

 

Para falar sobre o tema, estiveram presentes o secretário municipal de Segurança Urbana e Cidadania, Dr. Élvio Bertoni, o delegado regional de Polícia Civil, Dr. Vitor Hugo Heisler, o Comandante do 37º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Fernando Marcos dos Reis, vereador da cidade de Tapira Zé de Lico, assessor do deputado estadual Bosco, Edsoney Max, e representantes da Associação dos Ruralistas do Alto Paranaíba (Arap), do Sindicatos dos Produtores Rurais, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Araxá e Região, e de associações rurais, além de produtores rurais e imprensa.

 

Os vereadores solicitantes do fórum abriram o encontro explicando a importância de se debater o assunto. Luiz Carlos destacou que o evento é mais uma reunião de trabalho para esclarecer o que de fato é preciso para viabilizar a instalação da Delegacia Rural. Segundo o parlamentar, os vereadores irão tentar conseguir a viatura junto à iniciativa privada, o Executivo se comprometeu a viabilizar um imóvel e o deputado estadual Bosco está trabalhando para conseguir os investigadores.

 

O vereador Robson Magela parabenizou as Polícias Militar e Civil pelo trabalho destacando os resultados da Operação Rei do Gado, que desarticulou organização criminosa que agia em roubos e furtos a fazendas. Robson lembrou que a criminalidade no campo, que estava crescendo nos últimos tempos, voltou a cair com o trabalho das polícias.

 

O secretário de Segurança Urbana e Cidadania, Dr. Élvio Bertoni, foi o primeiro a se pronunciar. Ele declarou que o Executivo está disposto a auxiliar no que for preciso para viabilizar a reabertura da Delegacia Rural.

 

Foto: Ascom CMA.O delegado regional de Polícia Civil, Dr. Vitor Hugo, esclareceu as diferenças entre o trabalho da Polícia Civil e da Polícia Militar: “A Delegacia Rural vai trabalhar na investigação dos crimes e a Polícia Militar trabalha de forma preventiva para que eles não ocorram. As duas Polícias precisam somar forças para potencializar o trabalho preventivo e apurar os crimes”.

 

O tenente-coronel Fernando Marcos dos Reis afirmou que atualmente a Polícia Militar dispõe de efetivo, mas está carente de recursos logísticos. O capitão Reginaldo Correa da Silva também falou em nome da PM e citou a importância da tecnologia para troca de informações entre as propriedades rurais e a polícia para prevenção de crimes.

 

O assessor do deputado estadual Bosco, Edsoney Max, declarou que o parlamentar está trabalhando para conseguir o aumento de efetivo da Polícia Civil, ponto fundamental para reabertura da Delegacia Rural.

 

A elaboração de uma cartilha com medidas preventivas de segurança e o uso da tecnologia para coibir o crime foram algumas das sugestões do presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Araxá, Caio Côrtes.

 

Foto: Ascom CMA.

 

Finalizando o encontro, os parlamentares presentes comentaram o assunto e os vereadores solicitantes destacaram a importância de unir forças para reabrir a Delegacia Rural. Eles apresentaram as atribuições de cada um dos envolvidos para que seja viabilizada a reabertura.

 

O presidente do Legislativo, Fabiano Santos Cunha (PRB), sugeriu a confecção de um documento, assinado por todos os envolvidos, para dar mais força à solicitação.

This entry was posted in Destaques, Rural, Segurança Pública. Bookmark the permalink.

Comments are closed.