#prontofalei – Ministro do STF é um obstáculo ao combate à corrupção

Gilmar Mendes. Foto: Divulgação.O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu nesta semana a transferência do corrupto ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, para um presídio federal no Mato Grosso do Sul. A transferência de Cabral foi determinada pelo juiz Marcelo Bretas, que recebeu uma ameaça velada do ex-governador durante a realização de uma audiência. A decisão de Bretas de transferir Cabral já tinha sido mantida pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região e pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

 

Porém, o caso foi parar no STF e Cabral deu a sorte do seu pedido cair no colo do ministro amigo de políticos corruptos. Assim que eu soube que o pedido do ex-governador seria analisado na mais alta corte da Justiça por Gilmar Mendes tive a certeza de que a transferência seria suspensa. Não deu outra. Cabral continuará no Rio de Janeiro com todas as regalias que tem dentro da prisão. Essa decisão foi mais um tapa na cara do cidadão de bem deste país que não aguenta mais ver gente safada se dando bem com a proteção de comparsas de toga.

 

Não é à toa que uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas apontou que a confiança dos brasileiros na Justiça caiu. No ano passado 30% dos entrevistados responderam que confiavam na Justiça. Neste ano apenas 24% deram a mesma resposta. Isso é muito ruim. Aqui em Araxá temos juízes competentes que fazem valer a lei doa a quem doer. Porém, o Poder Judiciário que eles integram está cada vez mais desacreditado por causa de condutas vergonhosas como as de Gilmar Mendes, que não honra a toga que veste. Imagino o tamanho da decepção dos magistrados que julgam com isenção diante da atuação desse ministro do STF.

 

Três dias antes de suspender a transferência de Cabral, Gilmar Mendes foi ao Estádio do Pacaembu assistir ao clássico entre Santos e São Paulo. Quando os torcedores perceberam a presença do ministro do STF no local começaram a xingá-lo. Ao ouvir os gritos de “ladrão” e “corrupto”, o ministro se escondeu em um camarote do estádio. Vejam a que ponto chegamos hein. Um ministro da maior instância da Justiça brasileira sendo xingado pelo povo. Esses xingamentos foram motivados pelo fato dele favorecer bandidos do colarinho branco em suas decisões. O povo não suporta mais isso.

 

Gilmar Mendes é amigo de políticos corruptos sim e não tem como ele negar. Investigações da Polícia Federal descobriram 33 telefonemas entre o ministro do STF e o senador Aécio Neves entre 16 de março e 13 de maio deste ano. Um desses telefonemas foi feito justamente no dia em que Gilmar deu uma decisão favorável a Aécio, o tucano flagrado pedindo propina para um bilionário especializado em comprar políticos. Gilmar ainda coleciona desafetos entre seus pares no STF e outro dia ouviu umas verdades do ministro Luis Roberto Barroso, que lhe disse o seguinte durante uma discussão no plenário: “Não transfira para mim essa parceria que vossa excelência tem com a leniência em relação à criminalidade do colarinho branco.”

 

Gilmar Mendes é mestre em soltar bandidos do colarinho branco e grandes empresários envolvidos em corrupção. Ele está no STF há 15 anos. Quem nomeou o ministro foi o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Gilmar era advogado-geral da União no Governo FHC. É uma herança maldita deixada pelo governo tucano. Aliás, o STF também tem heranças malditas do governo do PT, como Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli, e mais recentemente a que será deixada pelo PMDB, o ministro Alexandre de Moraes. Esse negócio de presidente da República escolher ministro do STF é um desastre para o país. Isso tem que acabar.

 

É lógico que nem todo mundo detesta Gilmar Mendes. Aqueles advogados conhecidos como “porta de cadeia” adoram o magistrado e até o defendem nas redes sociais. O sonho deles era ter um Gilmar Mendes na Vara Criminal de cada cidade brasileira. Ainda bem que não é assim. Aqui em Araxá, por exemplo, temos o Dr. Renato Zupo, um juiz criminal que não tolera a criminalidade e é parceiro das polícias Civil e Militar. O importante trabalho de combate à corrupção realizado Operação Lava Jato tem em Gilmar Mendes um verdadeiro obstáculo. Esse sujeito faz muito mal para a nossa Justiça. Bem que ele poderia renunciar ao cargo de ministro do STF. Faria um bem enorme ao Brasil. #ForaGilmar

 

Coluna #prontofalei publicada na edição nº 3683 do Correio de Araxá em 04 de novembro de 2017

 

Foto: Reprodução/Correio de Araxá.

This entry was posted in #prontofalei, Destaques. Bookmark the permalink.

Comments are closed.