Feira do bairro Urciano Lemos será concluída em outubro

Foto: Ascom PMA.Com 80% concluída, a obra da feira do Urciano Lemos ganha forma. O objetivo principal é viabilizar o comércio de produtos hortifrutigranjeiros cultivados pelo sistema de economia familiar, através da Associação dos Hortifrutigranjeiros de Araxá (Assogran). Além de ser utilizado como espaço fixo para a feira de produtores, o local servirá como ponto de lazer para a comunidade.

 

A área total construída é de 1.420 metros quadrados. O empreendimento orçado em R$ 1.544.450,69 – todo investimento é proveniente de recursos próprios do município – tem conclusão prevista para o próximo mês de outubro. Serão dois espaços destinados ao comércio, exposição e alimentação. Para finalização das obras de construção civil restam apenas a parte das estruturas metálicas de cobertura, os fechamentos metálicos e pintura. 

 

Foto: Ascom PMA.

 

Em um dos espaços, localizado ao lado do cruzeiro (símbolo antigo que foi preservado no local), será instalada uma área de alimentação que preserva também as tradições dos alimentos vendidos em feiras. Como a demanda é muito grande, onde era para ser uma quadra passou a abrigar mais áreas, ampliando o número de boxes. Os banheiros, todos com acessibilidade, estão em fase final de acabamento com a instalação das pedras de divisórias de sanitários e as cubas de louça.

 

Foto: Ascom PMA.O secretário municipal de Obras Públicas e Mobilidade Urbana, Sebastião Donizete de Souza, lembra que quando foi contratado o projeto arquitetônico, o prefeito solicitou que se pensasse também na utilização do local como um espaço para eventos comunitários voltados para a oferta de cultura e lazer. “O bairro Urciano Lemos é uma região em franco desenvolvimento. A Prefeitura dará uma contribuição muito grande para aquela região. Além de atendermos a feira que funciona há muitos anos, poderemos acomodar os feirantes em um local mais adequado e, ainda, abriremos um espaço importante para outras atividades de interesse da comunidade”, afirma.

This entry was posted in Destaques, Opinião. Bookmark the permalink.

Comments are closed.