Polícia Civil prende suspeitos de desvio de recursos públicos na Coafro

Foto: Araxá Agora.A Polícia Civil prendeu ontem, dia 6, quatro pessoas ligadas ao Conselho de Participação e Integração da Comunidade Afro-Brasileira de Araxá (Coafro) na Operação Houdini. Outras quatro pessoas foram conduzidas coercitivamente à 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil para prestarem depoimentos. Os policiais ainda cumpriram oito mandados de busca e apreensão.

 

Foto: Diário de Araxá.As prisões estão relacionadas às investigações iniciadas em 2015 sobre os repasses de recursos públicos para entidades de Araxá que foram realizados no período em que o ex-vereador Miguel Júnior foi prefeito interino da cidade. O delegado responsável pelo caso, Dr. Renato de Alcino Vieira, informou que as investigações apontaram que houve desvio dos recursos repassados ao Coafro, mas que só poderá detalhar como foi praticado o crime após os depoimentos dos suspeitos.

 

Foto: Diário de Araxá.Foram presos temporariamente os suspeitos Alexandre Francisco dos Santos, de 36 anos, Luciana Maria Fernandes, de 41, Clayton Aires da Silva, de 51, e Santo Christo da Silva, de 63. Após serem presos pela Polícia Civil, os suspeitos realizaram exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) e foram encaminhados ao presídio de Araxá. A prisão temporária é de cinco dias, podendo ser prorrogada por mais cinco.

This entry was posted in Cidade, Destaques, Polícia. Bookmark the permalink.

Comments are closed.