Deputado Bosco continua na presidência da Comissão de Cultura da Assembleia de Minas

Foto: Ascom parlamentar.A Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa de Minas Gerais iniciou ontem, dia 21, os trabalhos para o biênio 2017/2018. Após a eleição do presidente e vice, deputados Bosco e Elismar Prado, respectivamente, os membros da comissão já começaram a discutir as principais demandas a exemplo do Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca e financiamento de projetos culturais. A comissão ainda tem como membros efetivos os deputados Carlos Pimenta, Rosângela Reis e Glaycon Franco.

 

Bosco reforçou a importância que a Comissão tem no Estado e lembrou do Plano Estadual de Cultura, que tramitou na Assembleia de Minas durante todo o ano de 2017 e que já está pronto para ser votado. “Conseguimos trazer a participação da sociedade civil para que pudessemos interiozar o Plano Estadual. Este projeto foi amplamento discutido e agora, passará pela Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamenrtária (FFO) e assim ser votado em plenário”, frisa.

 

O plano busca garantir o exercício dos direitos culturais pela população, trazendo uma parte introdutória e dois anexos: um, com as ações propriamente ditas, e outro, com uma tabela de monitoramento de sua implantação. O parecer acata o conjunto de proposições sugeridas pelo Comitê de Representação do fórum técnico para o Anexo I do Plano, que traz as ações para a cultura entre 2017 e 2026. As ações estão divididas em dois eixos. O primeiro deles, garantia de direitos culturais trata do direito à identidade, ao patrimônio e à diversidade cultural, à livre participação na vida cultural, e ao intercâmbio e à cooperação cultural. Entre as várias ações propostas, algumas contemplam os grupos artísticos culturais itinerantes, que enfrentam dificuldades de atendimentos nos serviços públicos, por falta de endereço fixo.

 

Bosco apresenta pleitos ao Chefe da Polícia Civil

 

O deputado Bosco esteve, nesta terça-feira, em reunião com o chefe da Polícia Civil, João Otacílio Silva Neto. A reunião teve como finalidade solicitar o aumento de efetivo em municípios, viaturas e outras demandas da área de segurança. As demandas apresentadas foram das cidades do Alto Paranaíba e Noroeste.

 

Foto: Ascom parlamentar.

 

Estiveram presentes o prefeito de Guarda Mor, Edgar e o presidente da Câmara, Gilmar, prefeito Marden Júnior, (Brasilândia de Minas), prefeito Belchior e o vice, Juliano (Santa Juliana), prefeito Paulo (Campos Altos) vereador de Araxá, Hudson Fiuza e o delegado regional, Vítor Hugo .

 

“Tivemos boas notícias do chefe da Polícia que vai nos atender em grande parte das demandas, entre elas viaturas para a Polícia, via regional de Araxá, e designação de mais profissionais para compor o quadro. Acreditamos que, de imediato, importantes ações serão desenvolvidas. Sabemos que a segurança pública não pode esperar, por isso temos urgência nestes encaminhamentos”, avalia.

This entry was posted in +, Minas Gerais, Política. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>