Bem Brasil comemora participação no Teleton 2016

Foto: Ascom Bem Brasil.O Teleton 2016, 19ª edição, realizou-se nos dias 04 e 05. Em 26 horas de shows e programação especial, transmitidos ao vivo, cerca de 6.000 pessoas trabalharam voluntariamente, incluindo mais de 100 artistas que se revezaram no palco. Durante todo o evento, a Bem Brasil manteve um estande de distribuição de batatas carinhas para atender os visitantes da área de circo, instalada no pátio externo da emissora de TV. 

 

“Participamos com mais de 40 voluntários, compostos por colaboradores da Bem Brasil, e também alguns de nossos clientes e amigos. Este ano inovamos oferecendo somente as batatas carinhas. A fábrica disponibilizou 400 quilos do produto, que foram servidos sem interrupção, das 7h30 às 20h30”, explicou Walter Takano, gerente comercial da Bem Brasil na Capital. Para ele, estar no Teleton significa levar alegria para as crianças que têm necessidades especiais, e também para seus cuidadores.

 

Foto: Ascom Bem Brasil.A opinião de Takano é compartilhada por Denise Garcia, também da área comercial. Ela é pioneira nesta ação voluntária no Teleton e acredita que estar no evento pelo quarto ano consecutivo é uma forma de gerar energia boa e solidariedade para todas as crianças da AACD, pois o trabalho da associação não pode parar. “Quando começamos, a ideia era só dar um pouco da nossa força de trabalho, mas a iniciativa se multiplicou entre os colegas do escritório, entre os familiares, seus namorados e parceiros, e se desdobrou também entre os nossos clientes.  Se este ano formamos uma equipe de mais de 40 pessoas, ano que vem, tenho certeza que seremos uma equipe ainda maior”, alegra-se.

 

Elisângela e a filha, Emilie Cristina, que é portadora de paralisia cerebral, foram visitantes ilustres do estande da Bem Brasil. Para a mãe, esse evento é de grande importância, mesmo porque a filha dela foi atendida pela AACD nos primeiros anos de vida. “Hoje a minha filha estuda em uma escola mantida pela associação. Nós sabemos da importância desse trabalho e desse evento para mantê-lo”.

 

Gabriel Mendes, de 13 anos, que também tem paralisia cerebral, e sua mãe, Ana Maria Mendes da Silva, percorreram mais de 40 km, desde a casa deles, no Grajaú, Zona Sul de São Paulo, até a sede da emissora, na Zona Oeste. “É a terceira vez que venho”, conta Gabriel, com alguma dificuldade de fala, mas que expressa sua felicidade com muita facilidade. “Todas as crianças aqui são especiais e a gente aprende a lidar melhor com essa situação”, pondera a mãe do garoto.

 

 Este é o público para o qual esses voluntários levaram seu trabalho, no último sábado, 05/11. “Ver essas histórias de perto nos estimula a superar o cansaço da jornada que começou cedo. O revezamento de uma equipe tão grande também dilui as tarefas e a sensação, ao final, é que participamos de uma grande festa!”, encerra Denise.

 

Sobre o Teleton

O evento nacional de solidariedade visa à arrecadação de recursos para a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), entidade social especializada na reabilitação de crianças e jovens portadores de deficiências. Nesta edição, apesar da crise, a ação bateu a meta de R$ 27 milhões em doações, mas seu maior resultado é de evidenciar a importância do trabalho da AACD, no atendimento a crianças e jovens com deficiência.

 

 História

O Teleton foi criado em 1966, nos Estados Unidos, pelo ator e comediante Jerry Lewis, que teve um filho com distrofia muscular. O evento anual serviu de inspiração para que fossem realizadas campanhas televisivas semelhantes em outros países.

 

No Brasil, o primeiro Teleton foi realizado em 1998, e se manteve nos anos seguintes com uma parceria entre o SBT e a AACD. Todos os anos, durante a exibição do Teleton, o SBT tem uma programação especial totalmente voltada ao projeto. São 26 horas dedicadas a atrações musicais e artísticas, reportagens sobre o trabalho feito pela AACD e entrevistas realizadas ao vivo, durante os shows. O público participa fazendo sua doação ao projeto. A cada ano, há uma meta de arrecadação e uma destinação específica. Este ano, a meta é de R$ 27 milhões.

 

Sobre a Bem Brasil

A Bem Brasil, fabricante 100% brasileira de batata pré-frita congelada e flocos desidratados de batata, foi fundada em dezembro de 2006, em Araxá, Minas Gerais, com investimento de R$ 50 milhões. Atualmente, a fábrica produz mais de 100 mil toneladas por ano de batata frita congelada, tem cerca de 300 colaboradores e ocupa a liderança de mercado, dentre os fabricantes nacionais, além de vigorar entre as marcas mais consumidas no país, fazendo frente competitiva a grandes marcas mundiais em seu segmento. Em 2017, a marca inaugurará uma segunda unidade fabril, desta vez no município de Perdizes, a 50 km de Araxá, e se prepara para produzir 250 mil toneladas de batata/ano, dobrando o número de empregos diretos e indiretos gerados na região.

This entry was posted in +, Brasil. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *